Tierra Patagonia

Descobrir a Serenidade

Submisso à grandiosidade das montanhas do Parque Nacional Torres del Paine, um dos mais impressionantes parques do sul do Chile e classificado pela UNESCO como Reserva da Biosfera, o Tierra Patagonia constitui um refúgio como poucos há no planeta.

Foi o vento, elemento natural constante na Patagónia, que inspirou o desenho deste hotel que brota da terra como se de uma duna de areia se tratasse. No interior, as vistas para as águas plácidas do Lago Sarmiento e para os picos montanhosos são transversais à maioria dos quartos e espaços comuns, operando como uma apaziguante moldura natural.

Constitua o propósito primordial da estadia ou funcione como complemento de dias mais enérgicos passados a deslindar as maravilhas que a Natureza aqui conserva, o Uma Spa é, sem dúvida, a jóia mais preciosa do Tierra Patagonia. Presta tributo à calma e ao relaxamento, contemplando uma piscina interior aquecida e um jacuzzi ao ar livre ? quão deslumbrante é a vista de ambos! ?, banho turco, sauna e hidromassagem. Ao contexto já de si tranquilizante, podem-se aliar várias outras fontes de acalmia: massagens relaxantes, com pedras quentes ou óleos essenciais extraídos de flores e plantas, drenagens linfáticas, tratamentos faciais, são apenas alguns exemplos do que aqui se pode encontrar. As opções estendem-se igualmente ao shiatsu, reiki, reflexologia ou terapia com cristais e pedras semipreciosas, aumentado a probabilidade da tensão ser aliviada e dos níveis energéticos serem repostos.

É por via de aromas, cores e texturas que o Uma Spa, e o Tierra Patagonia no seu conjunto, actua como um indutor natural à serenidade, colocando à mercê dos hóspedes uma panóplia de recantos interiores e exteriores nos quais se pode desfrutar da beleza intocada, quase mística, do lugar e da paz que ele emana. Encerrado nos meses de inverno, o Tierra Patagonia transparece o seu compromisso com os conceitos de ecoturismo e de sustentabilidade, propiciando uma experiência purificadora no colo da Mãe Natureza, uma (re)visita ao mais íntimo de cada um de nós.

PARTILHAR O ARTIGO \\